domingo, 13 de março de 2016

Reportagem TVI islamismo


















A TVI pasou hoje uma reportagem após o telejornal, «Em nome de Alá», uma época em que todos os dias se fala em violência doméstica e em atentados (ainda hoje ocorreram dois atentados).
Porque será agora que surge esta reportagem a publicitar as tradições do Islamismo, as orações e rituais religiosos etc?
Na reportagem surgiu o Sheik Munir.
Ora curioso personagem, porque é que a TVI não mencionou o caso de violência doméstica?

A mulher de Osheik David Munir, líder da Mesquita Islâmica Central de Lisboa, acusa o marido de lhe ter desferido dois golpes com o cotovelo que a deixaram com uma intensa hemorragia, obrigando-a mesmo a receber tratamento hospital e a ficar internada, divulgou o Correio da Manhã.

Link jornal SOL.
~
Link jornal I

E numa época em que tanto falamos de violência doméstica, recordem-se que no islamismo a mulher não tem direito a expressar-se, tem papel inferior ao homem e anda escondida numa burka.
















0 comentários:

Enviar um comentário