quinta-feira, 19 de novembro de 2015

Secreta Portuguesa comete acções ilegais

ex director Sied admite














Finalmente ele admitiu!
O ex-director do Sied (Serviço de Informações Estratégicas de Defesa) Jorge Silva Carvalho (que é Maçon) admitiu que o modus operandi das secretas é 90% ilegal.
Escutas telefónicas, informadores nas operadoras de telecomunicações, são práticas habituais.

Como exemplo e, em tese, para suportar as afirmações, o ex-diretor do SIED apontou os “meios claramente ilegais”, como sejam “vigiar, fotografar e filmar pessoas” que nem sequer são alvo de qualquer investigação criminal.

Em tese, disse também ter conhecimento de “histórias de manipulação de jornalistas”, de como se dominam e controlam órgãos de comunicação social e até como países estrangeiros recrutam jornalistas portugueses, observando que “um país africano comprou jornalistas portugueses”.

Link Aqui.






















E agora que foi admitido publicamente, será que ainda somos maníacos das conspirações??

1 comentários:

  1. Alegou o que todos já sabiam, por isso digo que as inteligências da maioria do mundo não tem poder legal, quanto mais quando cruza com o esgoto do submundo.

    ResponderEliminar