quinta-feira, 5 de março de 2015

Crânios de Paracas novas análises

crânios alienígenas

















Na costa sul do Peru, na península do deserto de Paracas, foram encontrados Crâneos ovais em 1928 pelo arqueólogo Julio Tello.
Tello encontrou um total de mais de 300 crânios e eles foram datados em cerca de 3.000 anos de idade. Uma análise de ADN recente, realizada em alguns desses crânios tem apresentado resultados surpreendentes ,não são de origem humana.

Sabe-se que algumas culturas antigas praticavam alongamento (deformação) do crânio em que o crânio é comprimido entre duas placas de madeira desde a infância.

Mas não é o caso dos crânios de Paracas.
Estes crânios são 25% mais largos e 60% mais pesados do que os crânios humanos comuns.
Só têm uma placa parietal, enquanto que os crânios humanos possuem duas.

O ADN mitocondrial (que deriva de via materna) apresentava mutações desconhecidas em qualquer homem ou animal primitivo.
As análises genéticas indicam que se trataria de uma espécie diferente e distante do  Homo Sapiens, Neandertal ou outro.


fonte: Link

1 comentários:

  1. Isso é realmente intrigante amigo, annunakis?
    Acompanho tais notícias a algum tempo com ceticismo e curiosidade.

    ResponderEliminar