quarta-feira, 11 de fevereiro de 2015

Facebook vicia tanto quanto droga

facebook vicia











Os cientistas recorreram a imagens cerebrais, obtidas por ressonância magnética, para estudar os efeitos do Facebook no cérebro..

Há cada vez mais semelhanças entre os viciados em droga e aqueles que publicam permanentemente no Facebook, segundo um estudo recente da California State University.

Os cientistas analisaram imagens cerebrais para chegar a essa conclusão.

«Eles [os dependentes do Facebook] têm a capacidade para controlar o seu comportamento, mas não a motivação para o fazer, porque consideram que as consequências seriam graves», diz um dos autores do estudo, Ofir Turel, publicado na revista "Psychological Reports".

Os viciados em Facebook mostraram grande actividade nas regiões das amígdalas cerebelosas,  e no Corpus Striatum :  Uma massa listrada de matéria branca e cinzenta localizada em frente tálamo em cada hemisfério cerebral.

Certas imagens do facebook e o logotipo do Facebook e símbolos "Like" despertaram mais a atenção dos indivíduos analisados do que imagens de sinais de trânsito, por exemplo.

Os cientistas analisaram imagens obtidas por ressonância magnética para estudar os cérebros dos voluntários.

Além das semelhanças entre os cérebros dos toxicodependentes e dos 'facebokianos', os investigadores encontraram também diferenças, que estão agora a estudar.

Fonte: Live Science

0 comentários:

Enviar um comentário