quinta-feira, 8 de janeiro de 2015

França: atentado no semanário Charlie Hebdo

atentado charlie hebdo











Um tema complicado este.  Quarta-feira dia 7 foi marcada pela triste chacina de 12 pessoas, em França, na sede do semanário Charlie Hebdo.
É de lamentar, obviamente, o número de vítimas e esse acto terrorista.
Mas uma coisa teremos que analisar: O jornal já havia sido alvo de um atentado antes (em 2011 foi incendiado) , e mesmo assim os cartoonistas continuaram a fazer cartoons, alguns em tom de "desafio" dizendo que nunca mais ouve um atentado terrorista e que em Janeiro talvez tivessem provas?
E eis que aconteceu isto. 
É certo que estamos num mundo com liberdade de expressão, e temos direito a dizer o que pensamos ou a desenhar os cartoons que desejarmos, mas alguns eram mesmo "provocadores" colocando Maomé todo nú em posição de "doggystile", se sabem que os islâmicos fanáticos religiosos com ligações a terrorismo ficam logo a ferver e produzem atentados, porque é que fizeram cartoons tão provocadores?  O Próprio Papa Francisco concorda que há limites para a liberdade de expressão.















( este foi o cartoon que dizia que não havia atentados há muito tempo em França, em fins de Janeiro iriam realizar os seus objectivos?»

Eu por exemplo jamais seria tolo de gozar com a religião desses islâmicos fanáticos.
Muitas vezes escrevi posts sobre a al-Qaeda e estado islâmicos e as ligações à CIA, ou critiquei o Osama Bin Laden mas nunca fui ofensivo contra os ideais religiosos deles nem os desafiei a me fazerem um atentado.

Uma coisa é "liberdade de expressão", outra coisa é expressão desafiadora.
Infelizmente morreram pessoas de forma cruel, agora resta saber com o tempo, quando as verdades vierem à superfície, se existiram interesses políticos por trás, alguém a dar ordens para eles publicarem certos cartoons a fim de provocar uma resposta rebelde, ou por ventura se foi um inside job.

Muitos atentados são provocados, como os atentados bombistas em Londres.

E os serviços secretos Franceses estavam a dormir? Como os serviços secretos americanos "dormiram" no 11 de Setembro?


Os 2 suspeitos:
















Os dois suspeitos, Cherif Kouachi e  Said Kouachi (irmãos), de acordo com o telejornal da Sic, já estavam referenciados pelos serviços secretos Franceses, inclusive tinham saído de França para treinar no estado islâmico e depois voltaram a França.

Portanto mais uma vez pergunto : O serviços secretos estavam a dormir?
 Esses 2 fulanos foram treinar no Estado Islâmico, voltaram, conseguiram comprar armamento pesado e lança rockets, sem que os serviços secretos (que os observavam há anos) impedissem  atentado?

Um terceiro jovem (de 18 anos) cunhado de Cherif Kouachi, entregou-se às autoridades. Hã? Os terroristas não costumam entregar-se, não faz parte do seu modus-operandi,  ou seria uma manobra de diversão?














Said Kouachi deixou o cartão de identidade na zona do crime?
Estranho!
Tão estranho como o rapaz de 18 anos ter-se entregue às autoridades.

Linguagem corporal :


said kouachi














Opinião de Wayne Madsen.
Wayne é jornalista especializado em inteligência, espionagem e relações políticas externas, foi também membro nos Marines. Trabalhou também (como civil) para a Marinha  no comando Naval de automação de dados.

Wayne diz que estes terroristas que atacaram o jornal Francês, tinham uma linguagem corporal fazendo vários sinais militares, que geralmente pessoal do exército faz, mas que os terroristas da al-qaeda ou estado islâmico raramente faz esses sinais de comunicação por gestos militares (nas centenas de vídeos analisados ).


O Dr Steve Pieczenik , tirou curso de psiquiatria na Universidade de Harvard,  foi vice-secretário assistente de Estado na era de Henry Kissinger, e James Baker.  Serviu a administração de Jimmy Carter , Ronald Reagan e George W. Bush. Em 1974 aderiu ao departamento do Estado (U.S.) como consultor no departamento anti terrorismo, entre outras coisas mais.

Ele disse em entrevista ao infowars que, os serviços secretos Franceses sabiam que algo ia acontecer, e deixaram acontecer.

Existe um video que analisa pormenores curiosos , não havia sangue no chão onde o  polícia estava caído.  Os jornalistas só trabalhavam no jornal 1 vez por semana (foi nesta quarta) os terroristas acertaram no dia? Ou houve alguma informação interna?





Não há uma gota de sangue no chão, no momento dos disparos...

Muitas dezenas de videos já estão a ser censurados no youtube...

















Líder do Estado Islâmico é agente da Mossad 

2 comentários:

  1. Concordo Totalmente com o que você postou!!
    Eu penso da mesma forma!!
    Abraços

    ResponderEliminar
  2. Este teu post dá muito que pensar...vamos ver que medidas se seguem a este atentado (estilo Patriot Act talvez) e aí teremos a maior prova se foi inside job ou não

    ResponderEliminar