quinta-feira, 18 de dezembro de 2014

Cometa 67P, sonda rosetta. A ESA fala a verdade?

cometa 67p rosetta
















Estrutura Piramidal pouco "Natural" no cometa 67P.


A ESA ( Agência Espacial Europeia) esconde o verdadeiro objectivo da Missão ao cometa 67P .?

Circula na internet uma teoria afirmando que a ESA está a ocultar a verdade sobre a missão da sonda Rosetta e que o cometa emite uma estranha radiação detectada há 20 anos atrás pela NASA.

O objectivo oficial da missão Rosetta seria a investigação do cometa 67P, mas os críticos dizem que a agência espacial esconde as suas verdadeiras intenções.

Philae, a sonda de Rosetta, foi pousada com sucesso no cometa 67P/Churyumov-Gerasimenko depois de viajar mais de uma década e andar 6.500 milhões de quilómetros.
Foi um acontecimento inédito: pela primeira vez na história da exploração espacial pousou uma sonda  num cometa.

O objectivo oficial da missão é a investigação de cometa 67P/Churyumov-Gerasimenko, mas os críticos estão cautelosos com isso e garantem que a Agência Espacial Europeia (ESA) esconde a verdade sobre a missão.


O artigo foi publicado no  jornal ‘The Guardian’, e refere-se ao site UFOSightingsDaily.com, que garante que a Rosetta é parte de um programa secreto da ESA e da NASA, que esconde a verdadeira natureza do cometa.

Numa mensagem postada no site que supostamente foi escrito por um funcionário da ESA,  acusa-se a agência de mentir sobre a verdadeira finalidade do projecto.
 De acordo com o autor da mensagem, o módulo não é dedicado ao trabalho que a ESA está revelando para o mundo.

“Eu não acredito que em um momento a agência espacial de repente decidiu gastar biliões de dólares para construir e enviar uma nave espacial numa viagem de 12 anos apenas para tirar fotografias aproximadas de um cometa no espaço”, diz o autor do artigo, Scott Waring.

Em declarações posteriores, “O cometa 67P/Churyumov-Gerasimenko não é um cometa. Cerca de 20 anos atrás a NASA descobriu rajadas de emissões de rádio a partir de um objecto cósmico de origem desconhecida. Posteriormente descobriu-se os sinais eram provenientes do cometa chamado 67P”.

Para Scott Waring o 67P/Churyumov-Gerasimenko não é um cometa, mas é uma sonda alienígena de investigação disfarçada de cometa. E esta opinião está se espalhando activamente nas redes sociais.

Além disso, o autor da mensagem sugere que os sinais que emanam do cometa se resumem a um “bem-vindos Humanos”. “Eu acho que a chegada do aparelho da ESA simboliza o primeiro aperto de mão.

Talvez num futuro próximo avancemos mais um passo. 
No cometa  encontram-se estruturas extraterrestres. Eu não acredito em sua forma natural”, diz ele.

Note que esta não é a única teoria da conspiração em torno desse cometa e da missão da ESA. Confirmação pela ESA de que o corpo espacial emite uma misteriosa melodia causou o emergir da “teoria” de que as flutuações do campo magnético ao redor do 67P são tentativas de contacto extraterrestres com os seres humanos.


“Este não é um código, mas é uma forma dos alienígenas se comunicarem uns aos outros. Esta é a telepatia como sinais de rádio primitivos. Para eles, esta é a única forma de se comunicar connosco. São os seus pensamentos.


Eles não podem falar” conclui.

0 comentários:

Enviar um comentário